Profissão de futurista

Profissão de futurista: Você conhece? Quer ser um? Saiba tudo aqui!

Quando falamos na profissão de futurista, imaginamos muitas coisas, principalmente ligadas à adivinhação, leitura de mentes, entre outros. Lembramos de filmes que tratam de questões de futuro e misturamos tudo na nossa cabeça. Mas essa profissão está bem longe da ficção científica ou movimentos artísticos e literários.

A profissão de futurista estuda as tendências para o futuro, exige muito estudo, curiosidade e um olhar crítico, que pode ser desenvolvido ao longo dos estudos. Esse é um novo perfil de profissional, que o mercado está começando a abrir os olhos e entender a sua necessidade.

Esses profissionais, conhecidos como futuristas, estudam sobre o futuro, essa disciplina é conhecida como futures studies ou foresight. As pessoas, que estão nessa área de atuação, estão sendo recrutadas pelas empresas para compor o time de estratégias, tanto de empresas privadas quanto públicas.

Profissão de futurista

Dica: Faça sua graduação na Estácio. Conheça agora os cursos https://matriculas.estacio.br!

O momento atual da humanidade é de incertezas e grandes transformações em um curto espaço de tempo, com isso, as empresas estão buscando “prever” como estará o mercado nos próximos anos, para conseguir traçar novos planos e novas estratégias para se manter competitivas e líderes dos seus segmentos (quando esse for o caso).

Esse entendimento do futuro pode ser mais importante do que realmente podemos imaginar, as empresas que estão buscando auxílio na profissão de futurista, está visando estar sempre um passo à frente das inovações e do mercado, para que conseguir se posicionar melhor, e evitar problemas financeiros e até mesmo à falência.

A profissão de futurista é o profissional que se dedica para dominar tudo sobre o futuro, no que se refere ao mercado de trabalho, financeiro e tecnológico. Ele faz interpretações dos sinais da atualidade e auxilia as empresas na construção de um futuro mais próspero.

Como se tornar um futurista?

Existem essencialmente três caminhos para esta carreira.

Estudos individuais – autodidata

Primeiro, é o caminho informal ou autodidata adotado por muitas pessoas. Profissionais de diversas áreas frequentemente descobrem seu interesse pessoal no futuro e começam a ler sobre estudos futuros, previsão, ciência e tecnologia, mudança de organização e sistema e assim por diante.

Profissão de futurista

Eles começam a participar de conferências e seminários. Gradualmente, eles começam a se definir como futuristas. Dos 40.000 membros da World Future Society, a maioria seguiu esse caminho, mas apenas cerca de 1200 são “membros profissionais” que tentam ganhar a vida como futuristas.

Graduação / Pós Graduação

Um segundo caminho é através das instituições de ensino mais tradicionais. Existem programas de graduação e pós-graduação em estudos futuros, geralmente envolvendo estudos interdisciplinares.

Atualmente, é possível encontrar a formação em um programa americano de Estudos Futuros na Universidade de Houston, no Texas. No Brasil, ainda não existem instituições oferecendo cursos que tratam, exclusivamente, da formação em futurista.

Mentoria

Normalmente, o caminho mais simples e o mais procurado. É necessário encontrar um profissional experiente no mercado, que preferencialmente, seja membro de uma sociedade ou fundador de programa sobre o Futuro Mundial, para que ele inicie a trajetória de estudos necessários para alcançar o conhecimento necessário.

O que você precisa saber sobre a profissão de futurista?

Existem algumas informações relevantes para que está pensando em ingressar nessa profissão, visando fazer parte de uma seleta fatia do mercado, que será essencial para o crescimento e expansão do mercado, de uma forma geral. Confira a seguir.

Não necessita de uma graduação específica

Não é obrigatório cursar futurismo fora do Brasil, para atuar na profissão de futurista. Existem muitas pessoas que ainda não percebem a profissão em si. Existem profissionais que já possuem essa tendência, pela sua curiosidade, até mesmo dentro da sua área de estudo.

E a partir dessa curiosidade, nasce uma vontade de entender ainda mais, se aprofundando nas tendências, nas inovações para um determinado campo ou área de atuação, a partir dessas inovações que ainda serão lançadas ou estão sendo planejadas, que o futuro começa a ser desenhado.

Por isso, não existe uma necessidade latente de ter uma formação na área de futurismo, mas é importante ser formado em alguma área, e estude sobre as possibilidades para os próximos dentro da sua área. Como a tecnologia irá mudar a rotina do seu segmento? Quais serão as mudanças?

Preste muita atenção às tendências

A chave para ser futurista é identificar tendências, poder explicar por que elas são importantes, bem como quais são os fatores subjacentes e quais serão as implicações para o mundo em geral. As tendências começam a se tornar natural nas grandes empresas. Isso nos ajuda a nos comunicar com mais eficiência, porque pessoas de todos os departamentos diferentes podem se referir a eles.

Envolve muita leitura

Um futurista passará a maior parte do tempo coletando e analisando informações, a fim de desenvolver seu ponto de vista único. Você precisa fazer a pesquisa para apresentar seu ponto de vista e, depois disso, o restante do tempo é gasto em cascata e comunicando-o por toda a organização.

Você não pode realmente prever o futuro

Esse é um ponto muito importante, não existe previsão do futuro. A profissão de futurista é analisar as tendências, formar uma vertente, como se fosse uma tese, baseado em estudos, para conseguir traçar uma expectativa para o futuro, considerando o inesperado.